5 características que fazem os mosquitos picarem você

5 características que fazem os mosquitos picarem você

extra_large-1469524106-cover-image

Existe sempre um. Aquela pessoa, que não importa, sempre é perseguida por mosquitos e é picada mais que a maioria das pessoas. Poucas pessoas sabem, mas há coisas que podem aumentar a probabilidade de ser picado. Embora não haja muita evidência anedótica de pessoas, e sobre o que influencia as pequenas criaturas a morder, existem alguns aspectos que têm sido comprovados pela ciência que aumentam realmente suas chances.

Tipo Sanguíneo;

Infelizmente, nem todas as causas são algo que você pode fazer alguma coisa. O tipo de sangue, por exemplo. Um estudo descobriu que, aqueles que têm sangue tipo “O” correndo em suas veias são mais propensos mosquitos rodeando e picando do que outros tipos de sangue, eles são apenas mais atraente para os insetos quando comparados com aqueles com sangue tipo “A”, por exemplo. Eles descobriram que um açúcar especial encontrada no sangue tipo “O” é atraente para os mosquitos.

Dióxido de carbono;

Outra coisa que todos nós temos que fazer é respirar. Quando pousa em seu alvo, todas as espécies de mosquito vão usam algo chamado um palpo maxilar para detectar o dióxido de carbono que você está exalando. Misturado com o odor de corpo do hospedeiro, ambas as moléculas foram encontradas e são causas para induzir uma decolagem de vôo, sustentando os insetos. É por esta razão que as pessoas que respiram mais, incluindo as pessoas maiores e adultos, tendem a ser mordido mais do que aqueles que expiram menos.

Ácido lático;

Os insetos pequenos não estão apenas à procura de dióxido de carbono, são também à procura de outros coisas também. Uma delas, ao que parece, é o ácido láctico. A pesquisa mostrou que os mosquitos da febre amarela são significativamente mais atraídos por aqueles que têm mais ácido lático em sua pele.

Gravidez;

A causa anterior também poderia estar relacionado às razões pelas quais parece que as mulheres grávidas são mais propensas a receber picadas. Um estudo descobriu que as mulheres nos estágios finais da gravidez exalam 21 por cento mais fôlego – incluindo o dióxido de carbono – quando comparadas às mulheres não grávidas. Outra razão pode estar relacionada ao fato de que a gravidez aumenta o fluxo sanguíneo para a pele, o que significa que, em média, o sangue delas, correm em torno de 0,7 ° C mais quente do que o normal.

Cerveja;

Este ponto é um pouco controverso. Enquanto um estudo descobriu anteriormente que por beber pouco – como 350 ml de cerveja com  5.5%- aumentou o de mosquitos na pele do voluntário significativamente, porém o estudo foi muito limitado a 13 pessoas.

Fonte: IFLscience.com

Confira também: 7 tratamentos médicos que eram usados no passado e que te deixará arrepiado