6 comportamentos estranhos dos cachorros e o que eles significam

6 comportamentos estranhos dos cachorros e o que eles significam

1

Para saber mais sobre comportamento canino, falamos com a especialista comportamental e pesquisadora Julie Hecht, professora de neurociência cognitiva, que escreveu o livro “The Genius of Dogs”, e faz um novo podcast chamado DogSmarts.

Aqui estão algumas das descobertas recentes que Hecht, e outros cientistas têm feito sobre cães:

1) Por que o meu cão ficar tão animado quando eu digo a palavra “passear”?

0

Os cães, como golfinhos, macacos e papagaios, pode aprender uma série de comandos vocais ou palavras. Um cão,  border collie chamado Chaser, aprendeu mais de 1.000 comandos!

Os pesquisadores dizem que Chaser usou um processo chamado de “fast-mapping”, ou inferência, que é muito semelhante à forma como as crianças aprendem habilidades de linguagem. Basicamente, trata-se adivinhar o significado de uma palavra com base no objeto que está sendo usado em conjunto com essa palavra. Então, se você está constantemente dizendo “passear” e, em seguida, busca a coleira de seu cão e leva-o fora, ele pode ser capaz de entender que a palavra “passear” tem algo a ver com a ação de ir para uma caminhada.

2) Porque meu cão boceja toda vez que eu bocejo?

2

Assim como as pessoas, os cães podem “pegar” bocejos. Um estudo publicado na revista Biology Letters diz que este “contágio emocional” é completamente normal.  Escrevem os pesquisadores, que seu cão pegar o seu bocejo é um sinal de empatia.

Acredita-se que os cães tenham empatia de outras maneiras com os seres humanos também. Um estudo da Universidade de Helsinki sugeriu que os cães podem sentir quando seus donos estão com raiva e até mesmo ter evoluído para responder em conformidade. Outro estudo descobriu que os cães respondem de forma semelhante, fisiologicamente e comportamentalmente, como as pessoas quando ouvem um bebê humano chorando.

3) Porque meu cão desvia de mim quando tento abraça-lo?

3

Um psicólogo que estuda o comportamento canino encontrou uma tendência preocupante em 250 fotos de pessoas que abraçam os cães – os cães não estavam felizes. Como nós sabemos? De acordo com o comportamento animal, há três sinais comuns de estresse em cães: 1) virar a cabeça para longe da coisa que está incomodando; 2) Mostrando os brancos de seus olhos; e 3) Abaixando suas orelhas para baixo. A maioria dos cães nas fotos estão mostrando esses sinais.

Ainda assim, alguns cães podem tolerar um abraço, especialmente se se trata de alguém familiar. Em outras palavras, os cães têm inúmeras maneiras de demonstrar afeto, mas abraços, pode não ser um deles.

4) Porque meu cão fixa o olhar em mim?

4

O quanto tempo o seu cão olha para você pode revelar uma quantidade surpreendente sobre como ele entende emoções.

Os cientistas mediram a quantidade de tempo que os cavalos gastam olhando para algo, sugeriram que olhares longos podem indicar que os pesquisadores chamam de um “O quê?” .

Porém em cachorros é diferente. Em outras palavras, um olhar persistente pode indicar que o seu cão está processando correspondentes sinais emocionais que você está dando a ele, como um sorriso e tapinha na cabeça.

5) Porque meu cachorro fica cheirando meus amigos?

5

Como outros animais, cães recebem toneladas de informações sobre o seu ambiente com base no que eles sentem o cheiro. Além disso, no entanto, alguns estudos sugerem que os cães realmente desfrutam o cheiro de seus seres humanos familiares, como seus proprietários. Um estudo recente, por exemplo, descobriu que quando os cães foram expostos ao cheiro de uma pessoa familiarizada, seus cérebros pode ter interpretado que o cheiro era uma recompensa.

Quando os cães farejam a pessoa com cheiro familiar, uma parte de seus cérebros ligados com o processamento de recompensas mostraram aumento da atividade – ainda mais do que quando sentiu o cheiro de cão familiar.

6) Porque meu cão se esconde atrás das pernas das pessoas?

6

Se o seu cão, de repente foge para atrás de você só para espreitar o que está acontecendo lá fora atrás de uma de suas pernas, ele provavelmente está com medo.

 A pesquisa comportamental sugere que os cães são os únicos animais domesticados que interagem com os seres humanos de um modo semelhante ao modo que os bebês humanos interagem com os seus pais.

Fonte: IFLscience.com

Confira também: Canibalismo: veja como era usado como forma de medicina no passado