6 ordens estranhas e macabras de ex-presidentes americanos para seus subordinados

6 ordens estranhas e macabras de ex-presidentes americanos para seus subordinados

O presidente Obama recebe críticas por “mandar muito”, de usar o seu poder no executivo dos Estados Unidos para fazer todas as suas vontades, mas, o que poucas pessoas sabem, é que ele não chega nem perto de ser o presidente mais “mandão” da história do país, que foi o presidente Franklin D. Roosevelt.

Essas ordens executivas, muitas vezes, podem mudar o rumo da história. Estas ordens, não estão sujeita a aprovação, mas apenas da vontade do presidente. Aqui está uma lista das mais estranhas, macaras, ordens de presidentes americanos:

1) Lincoln na cidade de Maryland – 1861

1Devido a sua posição estratégica lhe dar vantagem, estando em Washington, Lincon decidiu que era o melhor para o coletivo que a Lei de Escravos do estado, graças a um Habbeas Corpus.

2) Reservas Indígenas – 1868

2Com sua psudo política de paz com os povos nativos americanos, Ulysses S. Grant contratou homens brancos e religiosos para cuidar das reservas e ensinar o cristianismo para os índios, mesmo que forçados. As reservas só podiam ser criadas por ordem do presidente.

3) Sem caça com tochas – 1884

3Esta com certeza consegue ser uma das mais estranhas. O presidente  Woodrow Wilson tornou ilegal por decreto executivo caçar segurando qualquer tipo de tocha para formar luz, afinal, quem não ama caçar no escuro?

4) A ordem executiva – 1931

4Nesta época, a “grande depressão” estava desolando a economia americana, o presidente Herbert Hoover tinha muito gosto por lançar ordens executivas. Em uma ordem, ele decidiu como deveriam ser todas as encomendas que ele recebia, incluindo o papel, a gramática, tudo bem detalhado.

5) Japoneses-Americanos – 1942

5Em 19 de fevereiro de 1942, Franklin D. Roosevelt editou o decreto executivo 9066 o que levou a um grupo de cerca de 120.000 japoneses americanos a se deslocarem, para acamparem pelo Estados Unidos. Na mente do governo, esta foi uma ação em resposta ao ataque de Pearl Habor. Mais de 60% dos deslocados eram americanos natos.

6) Estados Unidos invadem o Panamá sem nenhum motivo – 1989

6Dez anos após a América assinarem um acordo para transferir o poder de volta para o Panamá, George H.W. Bush decidiu que iria tirar o ditador do país Manuel Noriega por nenhum motivo (as pessoas o chamaram de covarde nas redes sociais). O resultado foram cerca de 20 mil civis sem casa para ficar, e cerca de 3 mil mortos. A história chama o incidente como “Operação Justa Causa”.

Fonte: viralnova.com

Confira também: Algumas receitas com miojo, para você que quer praticidade na cozinha