Algo extremamente gigantesco parece estar “assobiando” no mar do caribe

Algo extremamente gigantesco parece estar “assobiando” no mar do caribe

extra_large-1466603184-cover-image

Cientistas adoram um bom mistério, e os oceanos do mundo – como bons lugares escuros, estranhos e profundos- são, literalmente, cheios de mistério. O mais recente mistério, vem do mar do caribe, no qual um som muito baixo, além do alcance auditivo dos seres humanos, pode ser ouvido. Na verdade, alguma coisa lá embaixo, é tão grande e se move, que gerando ondas no campo gravitacional da Terra.

Uma equipe de pesquisadores, liderada pela Universidade de Liverpool (UL), estavam no meio da realização de uma expedição no Mar do Caribe que fica no Oceano Atlântico, abrangendo uma área de cerca de 2.754.000 quilômetros quadrados. O objetivo inicial era estudar as correntes marítimas dinâmicas que acontecem dentro da bacia, que se liga com a Corrente do Golfo.

Em artigo para a revista “Geophysical Research Letters”, os autores descrevem que o som parece algo como um “apito”. A nota em si é um A-maior. Algo bastante considerável está fazendo isso para se tornar conhecido, mas, inicialmente, não estava claro se o som vinha de algum fenômeno natural ou de algum ser.

content-1466610617-sea-beastie

Tomando leituras do nível do mar e a pressão da parte inferior da bacia, avaliando a frequência e a magnitude das marés regionais, e usando satélites para medir pequenas mudanças na gravidade local, confrontando isso tudo em múltiplos modelos de atividade de corrente oceânica, usando como base um período entre 1958-2013, a equipe começou a suspeitar que o barulho não foi (infelizmente), de um monstro marinho gigante.

Eles chegaram a conclusão de que, os culpados são as ondas. Às vezes, grandes ondas na bacia movem-se para o oeste, e estas inevitavelmente interagem com o fundo do mar.

Ao longo do tempo, essas ondas lentas interagiram de forma construtiva, ampliando-se por um tempo. O resultado de tudo isto é que a água se propaga em grande quantidade de dentro para fora da bacia a cada 120 dias. Este padrão de onda (assim, como se alguém tivesse cantando), produz uma nota musical (A-maior),e algumas outras notas que nosso ouvido não percebe. A enorme quantidade de água que se move, e muda o campo gravitacional local, e que pode ser detectado além da atmosfera superior da Terra.

“Podemos comparar a atividade do oceano no Mar do Caribe a um apito,” diz Chris Hughes, professor sobre o Nível do Mar na UL, em um comunicado. “Quando você soprar um apito, o jato de ar torna-se instável e estimula a onda de som ressonante que se encaixa na cavidade apito. Porque o apito está aberto, o som sai para que você possa ouvi-lo. “

Fonte:IFLscience.com

Confira também: A Falha de San Andreas está preparada, travada e pronta para causar destruição, afirmam sismólogos