algumas das extinções mais curiosas de todos os tempos

algumas das extinções mais curiosas de todos os tempos

A terra já abrigou milhões e milhões de especies ao longo de sua história, mas infelizmente a maioria desapareceu. E uma das principais causas são as fortes catástrofes naturais ou mesmo a interferência de nos seres humanos nas ultimas décadas.

Algumas nos chamam a atenção porque nem mesmo os estudiosos conseguem compreender! Entre algumas destacamos 6 delas, confira:

 Megalodon3

Medindo aproximadamente 18 metros, com 100 toneladas e seu dentes com 18 cm, eles podiam comer até mesmo as grandes baleias. O Megalodon ocupou os oceanos entre 28 e 1,5 milhões de anos atrás.

O que intrigas os pesquisadores é como esse monstro marinho sumiu, sabendo que não existia predador para ele. Uma das explicações mais aceita é que eles não conseguiram resistir ao resfriamento global dos oceanos em que viviam, e também a diminuição dos níveis da água, o que aconteceu no finalzinho do período Piloceno e no inicio do período Pleistoceno.

Outros estudiosos apostam na teoria que o megalodon desapareceu depois que as baleias gigantes que eram presas do animal também desapareceram.

Mamute-lenoso4

Viveu na Europa, América do Norte e Ásia por aproximadamente 250.000 anos. O motivo de sua extinção ainda é motivo de debate! Extinto há cerca de 10 mil anos, alguns estudiosos trabalham com a explicação de que humanos da época caçavam muito a especie, agora outros dizem que isso aconteceu devido as grandes mudanças climáticas na época.

GafanhotoKONICA MINOLTA DIGITAL CAMERA

Todos nós já se deparemos com um gafanhoto, eles são comuns em grande parte do planeta. Mas tempos atrás isso não era tão comum. Por volta do ano de 1873 e 1877, plantações enormes que se localizava no centro-oeste dos EUA acabaram sendo destruídas por um enxame de gafanhotos, e isso acabou trazendo prejuízos de centenas de milhões de dólares. E aproximadamente 30 anos depois, a especie sumiu “do mapa”.

A logica mais coerente é que os fazendeiros se reuniram para acabar com os insetos. Mas essa explicação não é suficiente para os pesquisares. Eles pensam que o sumiço também foi influenciado pelas grandes mudanças ambientais, assim como o sumiço de búfalos e seus habitats. Outra explicação é que a variação genética também pode ter contribuído para que esses insetos tenham entrado em extinção.

Potoroo6

Devido o desmatamento e a caça, muitas especies entraram em extinção na época da colonização Australiana. Umas das especies era conhecida como Potocoo e acabou sumindo antes que os colonizadores chegassem ao país, isso acabou surpreendendo os estudiosos.

Extintos mais ou menos no ano de 1875. Não se sabem certamente quanto tempo ele sobreviveu após esse ano.

Pesquisadores dizem que o que contribuiu para isso acontecer poderia ser a predação dos gatos selvagens, que chegaram ao pais no século XVII através de náufragos holandeses.

Pássaro elefante

10

Era facilmente encontrada em Madagascar, ela foi extinta no seculo XVIII. Podendo chegar a 3 metros de altura e aproximadamente 450 quilos.

Pesquisadores afirmam que seu desaparecimento tem as “mãos” de nós humanos. Seus ovos eram valorizados, com o tamanho chegando a aproximadamente 150 vezes maior que um ovo de galinha, contribuindo para a extinção!

Neandertais11

Não poderíamos esquecer de nossos irmãos hominídeos. Eles desapareceram em torno de 30 mil anos, e o motivo, logicamente que é desconhecido. alguns pesquisadores afirmam que uma intensa mudança climática causada por vulcões em erupção pode ter contribuído para o sumiço dos Neandertais.

No entanto, um grande numero de cientistas defende a ideia que o sumiço deles tem a responsabilidade de nos humanos modernos, que se adaptamos melhor ou mesmo acabamos cometendo genocídio (embora não exista nenhuma evidência que prove isso). Alguns também defende a hipótese de cruzamento com humanos modernos, levando eles à extinção.

Veja também: 10 itens que se consumirmos em excesso pode nos levar a morte