Amor que mata: Conheça alguns famosos que foram assassinados pelos próprios fãs

Amor que mata: Conheça alguns famosos que foram assassinados pelos próprios fãs

Na tarde deste sábado dia 21, a famosa apresentadora da Rede Record, Ana Hickmann foi surpreendida em um hotel em que ela se hospedava em Belo Horizonte por um fã doentio chamado Rodrigo Augusto de Padua, o rapaz estava armado e fez Ana, seu cunhado e cunhada reféns, logo depois disparou três tiros em direção a apresentadora. Dois tiros acertavam sua cunhada e a apresentadora não sofreu nenhum ferimento. Gustavo conseguiu reagir e desarmou Rodrigo, atirando três tiros na cabeça do rapaz que morreu no local.

Essa tragédia acabou trazendo à tona, um assunto um pouco incompreendido, o amor doentio que muitos fãs carregam por seus ídolos. Antes de Ana Hickmann, outras celebridades passaram por isso e acabam sendo vitimas de seus admiradores, mas diferente de Ana, eles não conseguiram sobreviver.

John Lennon

Lennon e Mark, horas antes do assassinato. 

Este é um dos casos que passou a ser muito conhecido pela população. No dia 8 de dezembro de 1980, John Lennon o líder dos Beatles foi atingido por quatro tiros na porta de seu apartamento, que ficava localizado no Central Park West, em Nova York. Momentos antes do assassinato, John teria encontrado o seu assassino Nark Chapman, que solicitou que o cantor autografasse seu disco “Double Fantasy”. Curiosamente, esse encontro foi registrado em foto por seu amigo Paul Goresh. A declaração de Lennon  que se tornou muito popular foi quando ele disse que sua banda era mais popular que Jesus Cristo, e isso foi apontado como um dos possíveis motivos para o crime. Mark contou para as autoridades que muitas vezes ouvia vozes, mas a sua insanidade mental nunca foi comprovada.

Selena

De melhor amiga para assassina!

Selena foi a primeira artista latina a conseguir emplacar um álbum como o mais vendido na Billboard, a cantora faleceu no auge de sua carreira, com apenas 23 anos de idade. O pai da cantora conseguiu descobrir que a administradora das lojas da cantora e presidente de seu fã clube estava fraudando documentos e desviando muito dinheiro que pertencia a cantora e sua família. Selena imediatamente se reuniu com ela e demitiu de todas suas funções. Na manhã do dia 31 de março de 1995, Yolanda marcou um encontro com a cantora dizendo que precisava entregar alguns documentos referentes às lojas e quando a cantora se distraiu ela disparou um tiro fatal em Selena. Na época ela declarou que tudo aconteceu acidentalmente, mas mesmo assim ela foi condenada à prisão perpétua.

Rebecca Schaffer

Assim como a cantora Selena, Rebecca também morreu muito jovem. Ela ganhou a fama através de suas atuações na série “My Sister Sam” e também na comedia “Luta de Classes em Beverly Hills” a garota foi cruelmente perseguida por três anos por um fã, Robert John Bardo”. No dia 18 de julho de 1989, toda essa obsessão trouxe resultados trágicos. Rebecca foi assassinada por ele na portaria do edifício que morava com sua família. Ele também foi condenado à prisão perpetua.

Dimebag Darrell

O guitarrista morreu com apenas 38 anos…

Na noite de 8 de dezembro de 2004, era só mais uma noite de show da famosa banda Damageplan em Columbus, Ohio, se tornou uma das maiores tragédias do mundo musical. Nathan Gale conseguiu enganar os seguranças e subiu ao palco dando cinco tiros no guitarrista DimeBag Darrell, que acabou falecendo na hora. Logo depois o rapaz continuou atirando em todos que tentavam se aproximar e desarma-lo. Outras três pessoas morreram com o atentado e outras dez ficaram gravemente feridas. Para conseguir evitar um estrago maior, o oficial de policia James D. atirou contra o rapaz, matando o fã incontrolado. Antes do atentado o rapaz gritou: “você acabou com o Pantera. Você conseguiu arruinar a minha vida”. Pantera era a banda em que Dimebag tocou anteriormente e que resolveu encerrar suas atividades um ano antes do assassinato.

Albert Ebosse

Esse crime realmente é o mais peculiar de todos que estamos relembrando. Exatamente no dia 23 de outubro de 2014, durante uma partida entre JS Kabylie e USM Argel, pela liga nacional da Argélia, o atacante camaronês albert Ebosse foi atingido por uma pedra e acabou falecendo. O objeto foi ligeiramente arremessado por alguns torcedores de seu próprio time, tudo isso porque estavam revoltados com o placar de 2 a 1. A pedra atingiu a cabeça do artilheiro do campeonato que acabou sofrendo uma grande hemorragia interna e acabou não resistindo. Os pais do jogador acreditam que seu filho pode ter sofrido agressões dentro do vestiário e a morte ainda é cercada se alguns mistérios.

E você, sabe de mais algum caso de amor doentio entre fãs e famosos? Conte para nós:

Veja também: 15 fotografias absolutamente surpreendentes de animais ainda no útero

(Viu algum erro ou gostaria de adicionar uma sugestão para atualizarmos esta matéria? COLABORE COM O AUTOR)