Belle Gunness, a mulher que dedicou sua vida para matar sua família e seus pretendentes

Belle Gunness, a mulher que dedicou sua vida para matar sua família e seus pretendentes

As mulheres tem um poder que vem de dentro delas, isso não podemos negar. Belle Gunness foi uma mulher, com uma estatura razoável, e com um corpo imponente, e mostrava um ar de superioridade por onde passava, especialmente para alguém que viveu nos anos de 1800. Mas não foi seu corpo que a fazia tão intimidante… na verdade, era a capacidade dela fazer todos os que ficavam ao seu redor, sumir.

Belle Gunnes matou cerca de 24 a 40 pessoas ao longo de sua vida. Dentre suas vítimas, estão seus maridos, seus pretendentes, e quase todos os seus filhos. Sendo que, ela nunca foi punida por nenhum destes crimes.

Belle Gunnes nasceu em 1859, na Noruega;

1Uma lenda afirma, que para realizar um aborto, ela participou de uma cerimônia, onde ela tinha que dançar, enquanto um homem batia em sua barriga para provocar o aborto.

Belle então, viajou para Chicago, onde se casou com um homem chamado Mads Ditlev Anton Sorenson;

2Acredita-se que o casou teve dois filhos -que morreram na infância- sendo que, o marido morreu em 1900. Eles desconfiaram que ela tinha matado as crianças e o marido, devido a vários seguros de vida, feito por ela, sendo que ela foi pedir o dinheiro, um dia após a morte do marido.

Em 1902, Belle se casou com um homem chamado Peter Gunness, sendo que, uma semana após o casamendo, Peter morreu, e a causa foi desconhecida. Ela disse aos investigadores que por acidente, sua cabeça entrou na maquina de fazer salsichas;

3

Belle falou ainda, que enviou sua filha adotiva Jennie para um colégio interno, porém, o corpo da menina foi encontrado na propriedade alguns anos depois. Apenas uma criança conseguiu sobreviver morando com Belle.

4

Após a morte e Peter, Belle colocou anúncios nos jornais locais, procurando pretendentes. Cada pretendente que a visitou, não apareceu mais. Apenas um, George Anderson conseguiu escapar.

5O cadáver de Henry Gurholdt (foto acima) foi encontrado dentro do chiqueiro de Belle.

Belle contratou um homem chamado Ray, para fazer as tarefas de casa, e ele então se apaixonou por ela, se declarando, foi então, que ela viu uma oportunidade;

6

Em 1908, a propriedade de Belle foi incendiada. O corpo de todos os filhos de Belle foram encontrados nos destroços. Um corpo feminino decapitado foi encontrado, porém, não havia dizer se era Belle, pois estava mutilado.

7

Ray negou as acusações de ter posto fogo na propriedade, e disse que Belle já tinha dito ao seu advogado que faria isso;

O corpo sem cabeça não era de Belle, embora Ray tenha admitido ter enterrado o corpo dos outros pretendentes que Belle tinha matado. Ele ainda negou e foi absolvido das acusações;

9Por décadas, as pessoas afirmaram ver Belle em vários lugares, mas seu paradeiro nunca foi encontrado.

Fonte: Viralnova.com

Confira também: 7 florestas horripilantes onde todos os seus medos se tornam realidade