Cientistas descobrem tubarão de duas cabeças pela primeira vez

Cientistas descobrem tubarão de duas cabeças pela primeira vez

extra_large-1477247688-cover-image

Pela primeira vez, os cientistas descobriam um tubarão de duas cabeças crescendo em um ovo.

Trabalhadores em um navio de pesquisa coletaram o peixe embrionário como parte de uma expedição que recuperou 797 embriões no mar Mediterrâneo ocidental. Ele tinha dois cérebros, quatro olhos, duas bocas, vinte brânquias (o dobro do habitual, dez), e dois ossinhos da coluna – um precursor do desenvolvimento da coluna vertebral.

As duas cabeças estão fundido-se no pescoço. Dentro, ele tinha dois corações, e um sistema digestivo que duplicou e que se fundem em dois estômagos e acabam em um único intestino.

Você pode ver o tubarão na imagem a baixo, tirada do Journal of Fish Biology, onde os pesquisadores descrevem sua descoberta. Figuras (d) e (e) representam outro embrião tubarão com uma única cabeça.

jfb13175-fig-0001lkl

O fenômeno de duas cabeças pode acontecer em todos os animais com espinhas. Mas é raro o suficiente para que, antes, isso nunca foi visto em um tubarão antes.

Tão recentemente, em,  1992, alguns pesquisadores acreditavam que a estrutura do corpo incomum foi o resultado de gêmeos incompletos se unindo. Mas agora é amplamente aceito que a causa é realmente uma separação incompleta de um embrião em dois. Ninguém ainda ofereceu uma explicação conclusiva para o que faz com que isso seja precisamente explicado.

O embrião de tubarão de duas cabeças descrito neste artigo provavelmente não teria sobrevivido se tivesse desenvolvido – embora, não terá a oportunidade de experimentar a vida. Quando os pesquisadores viram o tubarão dobrado através das paredes translúcidas de seu ovo, eles abriram o ovo e preservaram o embrião para o estudo.

Fonte: IFLScience.com

Confira também: 22 fotos raríssimas que vão fazer você ver o passado de outra maneira