Conheça os 7 hábitos assustadores da idade média

Conheça os 7 hábitos assustadores da idade média

Sabe aquelas cenas lindas que aparecem nos filmes da Idade Média? Aqueles cenários lindos, mulheres elegantes usando maravilhosos vestidos longos, homens fortes que parecem príncipes, tudo isso não era a verdadeira realidade da Idade Média. Pelo contrário, seus hábitos eram extremamente estranhos quando comparamos aos nossos hábitos de hoje!

Você já parou para pensar como eram os banheiros da época? Será que existia água encanada? Qual era o destino dos restos fecais das pessoas? São esses e outros hábitos que consideramos para lá de estranho e vamos mostrar para você nessa matéria. Confira agora os 7 hábitos mais estranhos da Idade Média:

Fazer suas necessidades

Os “banheiros” eram feitos de buracos nos quintais das casas, quando era de madrugada e a vontade apertava , poucos tinham coragem de sair de dentro de casa. Então, não hora do aperto, as necessidades eram realizadas dentro de uma caixa que ficava dentro do quarto. A caixa era usada pelo casal que, dividia ela durante a noite. No dia seguinte, eles esvaziavam a caixa jogando tudo pela janela da rua.

Todos tomavam banho usando a mesma água

Água encanada e chuveiro era uma realidade muito distante daquela época, por isso os banhos eram acontecimentos raríssimos. Eles enchiam uma banheira bem grande, e todos da casa dividiam a mesma água. O patriarca da família tinha exclusividade e o mais jovem da casa seria o último a usar a água.

Pão podia deixar as pessoas chapadas

Como assim um simples pão poderia chapar alguém? Pois bem, vamos explicar! Naquela época, a água e outras bebidas costumavam ser infestadas de coisas tóxicas como o chumbo, que conseguia causar grandes alucinações ou levar até a morte quem consumia. Outro exemplo era os pães feitos com o trigo que ficava muito tempo armazenado, criando um fungo chamado “ergot”, que oferecia sensações iguais à do LSD.

Sanguessugas para tratamentos médicos.

Como realizar cirurgias naquela época era algo muito perigoso, eles optavam por fazer tratamentos de longo prazo usando esse tipo de bichinho, que ajudava na cura do paciente.  Esse tipo de tratamento era realizado principalmente para resolver problemas de circulação sanguínea.

Os reis tinham um criado somente para limpar seu bumbum

Já sabemos que os reis eram um tanto mimados, mas ter uma de plantão só para limpar o seu bumbum já é demais!

O absorvente era Musgos

O que você usaria se o absorvente não existisse? Pano? As mulheres da Idade Média tinham que ser criativas! Algumas não se incomodavam com o sangue da menstruação, outras acabavam dando um jeitinho e colocavam musgos envolvidos em um pedacinho de pano, porém isso acaba causando algumas infecções.

Eles usavam urina para lavar o rosto

Especialmente na nobreza, as mulheres da época tinham um grande cuidado com sua pele, principalmente do rosto. Elas lavavam o seu rosto usando a própria urina, isso porque elas acreditavam que a urina era um ótimo anticéptico. Você pode não acreditar, mas ainda existem alguns especialistas que recomendam a urina no tratamento da acne.

O que achou de todos esses hábitos? Comente: 

Veja também: Conheça algumas das namoradas mais psicopatas do mundo

(Viu algum erro ou gostaria de adicionar uma sugestão para atualizarmos esta matéria? COLABORE COM O AUTOR)