Estudiosos afirmam que, pessoas inteligentes são grosseiras, bagunceiras e dormem tarde

Estudiosos afirmam que, pessoas inteligentes são grosseiras, bagunceiras e dormem tarde

Na sua infância seus pais costumavam brigar com você quando o seu quarto não estava arrumado ou quando você insistia em ficar mais alguns minutos dormindo? Você costumava falar alguns palavrões? Se a resposta para essas perguntas foi ‘sim’, você está de parabéns! Certamente você é uma pessoa altamente inteligente. Não estamos revelando isso na intenção de fazer com que você se sinta bem, esse é um estudo que foi realizado e comprovado cientificamente. Calma, vamos te explicar o porquê dessa conclusão.

Às vezes, as pessoas mais inteligentes costumam ser grosseiras.

Em geral, afirmar que as pessoas que são mal educadas também são grosseiras, só porque elas têm um vocabulário limitado, é uma afirmação falsa. Quem possui o vocabulário limitado são normalmente pessoas que não usam palavras tabu.

Uma pesquisa realizada por cientistas Norte Americanos reuniram alguns voluntários que costumam utilizar diariamente palavras e praticam algumas grosserias. O resultado foi surpreendente: Os que utilizavam mais palavras grosseiras eram aqueles que tinham o QI mais alto, e também se expressavam com maior facilidade em público.

A explicação é que uma pessoa inteligente sabe exatamente como e quando utilizar esse tipo de vocabulário, ela também sabe qual é a melhor hora para ficar em silêncio.

 

As pessoas talentosas e os inteligentes possuem o habito de dormirem tarde.

Alguns estudiosos passaram a observar atentamente o comportamento de algumas pessoas de sucesso e chegaram à conclusão de quem costuma dormir tarde possuem o QI mais alto. Ou seja, se você costuma passar a madrugada acordado, fique feliz, algumas pessoas talentosas como Winston Churchil, Elvis Prestey e Charles Darwin também mantinham esse costume.

 

O caos criativo e uma inteligência acima da média sempre estão caminhando juntos.

A pesquisa realizada pela Universidade de Minnesota revelou também que, a bagunça mantida na escrivaninha não indica que a pessoa é desorganizada, mas sim, que seu o cérebro está sempre ocupado com um trabalho realmente importante. Eles concluíram que, uma coisa é certa, quando algum trabalho não está saindo como desejamos, tentamos fazer um monte de coisas para evita-lo, como limpar a mesa ou apontar lápis.

Os psicólogos que colaboraram com o estudo afirmam que um ambiente caótico acaba inspirando a criatividade, nos ajuda a pensar fora da caixa, colaborando para que se torne possível encontrar as soluções que costumam serem poucos comuns para os nossos problemas.

Deixe a sua opinião nos comentários sobre essa pesquisa. 

Veja também: 7 atitudes que te deixam mais burro e você não sabia

 (Viu algum erro ou gostaria de adicionar uma sugestão para atualizarmos esta matéria? COLABORE COM O AUTOR)