O poder feminino na ciência: 8 mulheres que ganharam o prêmio nobel nesta área

O poder feminino na ciência: 8 mulheres que ganharam o prêmio nobel nesta área

A figura feminina por muitas vezes é minorizada, isso vemos no mercado de trabalho, e em diversas áreas em que a mulher sofre discriminação apenas pelo seu sexo. Embora saibamos que as mulheres conseguem realizar qualquer trabalho, elas ainda tem que enfrentar dificuldades em pelo 2016.

O que poucos sabem, é que mulheres já venceram homens em prêmios espetaculares, como o Nobel, com pesquisas realmente incríveis, que renderam a elas, prêmios e reconhecimento internacional. Hoje vamos conhecer 10 delas:

1) ROSALYN SUSSMAN YALOW – Piscologia ou Medicina (1977)

1Ela desenvolveu uma técnica chamada RIA (radioimunoensaio) que é capaz de detectar diversas substâncias em pequenas quantidades de líquido, incluindo a insulina no sangue. Desde então, o teste é usado para detectar diversos hormônios, substancias, vitaminas, detecção de câncer e outras doenças.

2) BARBARA MCCLINTOCK – Psicologia ou Medicina (1983)

2Ela pesquisou as alterações cromossômicas do milho durante a sua formação. Ela criou o primeiro mapa genético do milho e ligou os cromossomos as suas características físicas. Também descobriu informações importantes sobre transformação genética.

3)  RITA LEVI-MONTALCINI – Psicologia ou Medicina (1986)

3Ela começou a estudar em casa, o desenvolvimento do nervo do embrião da galinha. Foi então que ela se mudou para os EUA, e entrou para uma universidade de lá, que a convidou para repetir os estudos na universidade. Em 1952, foi o ano que marcou sua pesquisa, pois ela descobriu o fator de crescimento nervoso (IGFs), proteínas que orientam o crescimento, manutenção e sobrevivência do tecido nervoso do nervo do embrião.

4) GERTRUDE B. ELION – Psicologia ou Medicina (1988)

4Depois de obter seu mestrado em Química, ela desenvolveu uma série de drogas que iria revolucionar diversos tratamentos. Desenvolveu medicamentos que matam células ruins e deixam as boas, Desenvolveu o Purinethol, que é usado no tratamento de leucemia e em pacientes que fizeram transplantes de orgãos. Além de muitas outras drogas, que tratam até mesmo a AIDS.

5) LINDA B. BUCK – Psicologia ou Medicina (2004)

5Acredite ou não, até 1991, nós não sabíamos como o olfato funcionava. Até que Linda e outro pesquisador, publicaram uma pesquisa, revelando todo o sistema olfativo, e como ela funciona. Eles também clonaram receptores olfativos de ratos, e analisaram seu DNA.

6) FRANÇOISE BARRÉ-SINOUSSI – Psicologia ou Medicina (2008)

6Após ter seu doutorado em uma universidade de Paris, ela começou a estudar retrovírus. Em 1983 ela descobriu o HIV. Ela descobriu como o vírus se espalhava pelo corpo, e o estudava em tempo integral. Ela também descobriu em pesquisas o HPV. Ela trabalha até hoje em meios de tratamento de HIV e HPV.

7) ADA E. YONATH – Química (2009)

7Ela foi pioneira na bio-cristalografia, uma maneira de estudar os ribossomos, micróbios e seus mecanismos. Ela foi muito criticada quando começou o estudo, e hoje, esta ribossomos micróbios e seus mecanismos é padrão em biologia estrutural. Graças a ela, sabemos como os antibióticos funcionam, e porque algumas bactérias são resistentes a alguns medicamentos.

8)  MAY-BRITT MOSER – Psicologia ou Medicina (2014)

Nobel Prize Awards Ceremony 2014, StockholmEla e seu marido, descobriram um tipo de célula perto do hipocampo, no cérebro que é importante para a localização, e estas células que fazem o cérebro se orientar, que nos dá um sistema de posicionamento.

Fonte: mentalfloss.com

Confira também: 10 segredos que provavelmente você não sabia sobre a Apple