Pesquisas afirmam que pessoas que amam os gatos são mais espertas e sensíveis

Pesquisas afirmam que pessoas que amam os gatos são mais espertas e sensíveis

E você, tem um animalzinho de estimação? Ele pertence à família felina ou canina? Uma pesquisa vem questionando a “rivalidade” entre donos de gatos e cães. Tudo porque essa pesquisa, realizada pela Universidade de Carroll, afirma que as pessoas que adoram mais os felinos podem ser mais espertos do que aqueles que optam por cachorros.

Essa pesquisa mostra que, esses dois tipos de pessoas de fato possuem personalidades diferentes. De acordo com o Live Science, as que falaram que preferem os cães tendem a ser mais alegres, extrovertidas e energéticas, e conseguem seguir regras com mais facilidade.

Por outro lado, os que amam os felinos eram mais introvertidos, porém possuem a mente mais aberta e sensível do que os que gostam dos cãezinhos! Segundo os estudos, as pessoas que gostam mais dos felinos também tendem a não serem tão conformistas, preferindo ser mais convenientes em vez de ficar seguindo certas regras.

Dog Lovers X Cat Lovers

De acordo com alguns testes de inteligência, os que amam os gatos fizeram uma maior pontuação. Porém, o resultado pode ter influenciado no ambiente em que cada pessoa estava, segundo os especialistas. Denise Guastello, professora de psicologia na renomada Universidade de Carroll, conta que boa parte da razão para as grandes diferenças de personalidade pode estar relacionado com os tipos de ambientes que cada um vive com seu pet.

“Faz muito sentido que uma pessoa que prefira cães seja mais animada e divertida, porque eles estão sempre dispostos a passear com seu animal e dialogar com outras pessoas com as mesmas características”, afirma a pesquisadora. Segundo ela, se você é uma pessoa mais sensível e introvertido, está propenso a ser uma pessoa mais caseira, que prefira ficar em sua casa lendo um livro e assistindo um bom filme, enquanto seu bichano fica ali juntinho de você, sem sentir necessidade de sair para uma longa caminhada.

Os pesquisadores entrevistaram cerca de 600 estudantes universitários, que foram questionados com qual animal eles se identificavam, e quais eram as qualidades que eles achavam importantes em seu animal de estimação. Eles também responderam diversas perguntas para que sua personalidade fosse avaliada.

A maioria das pessoas disseram que preferiam os cães do que os gatos: Aproximadamente 60% dos participantes se assemelharam mais com as pessoas que gostam dos cães, comparando com 11% que preferem os felinos. O que restou disse que gostavam dos dois ou de nenhum dos animais citados. Os que gostam dos cachorros contam que o companheirismo é a maior qualidade dos cães, enquanto as pessoas que amam os gatos contam que adoram receber o carinho que eles oferecem.

“É provável que as pessoas selecionam seu animal conforme a sua própria personalidade. Por exemplo, os felinos são vistos como animais totalmente independentes que sabem se virar sozinhos e acabam sendo cuidadosos com os outros. Se você é exatamente assim e nota essas características em um animal, possivelmente você tenha encontrado o animal ideal para você,” disse Guastello. Segundo a pesquisadora, como a pesquisa envolveu apenas estudantes universitários, não se sabe se os mesmos resultados se aplicam em outros grupos com idades diferentes.

E você, o que acha dessa pesquisa? Acha que as conclusões que a pesquisadora chegou realmente faz algum sentido? Deixe sua opinião:

Veja também: 8 coisas que eram consideradas normais antigamente e que hoje em dia é crime