As 10 formas mais bizarras de sacrifício humano da história

As 10 formas mais bizarras de sacrifício humano da história

Quase todas as culturas da terra possuíram algum tipo de ritual de sacrifício em sua história. O sacrifício é tão antigo, que surgiu antes mesmo da escrita, e é parte de toda história do planeta, e contribuiu para a evolução humana.

As pessoas percorreram um longo caminho, que passaram desde a guilhotina, a modos mais estranhos de acabar com a vida do seu semelhante. Aqui estão alguma das formas mais bizarras do passado, e algumas que são praticadas até nos dias de hoje:

1) O Sacrifício do Rei

1Quando a colheita não era satisfatória, na Irlanda de alguns séculos atrás, os reis eram culpados por tais resultados. Afim de resolver isso, a tribo escolhia por assassinar o rei, cortando ele em pedaços a facadas e jogando no pântano.

2) Noivas de Vahalla

2Guerreiros nórdicos antigos eram conhecidos por serem enterrados com mulheres escravizadas de seus inimigos, para que elas pudessem tornar suas noivas nos grandes salões de Vahalla.

3) Servos Eternos

3No antigo Egito, quando o faraó morria, diversos dos seus empregados eram enterrados juntos com ele para que ele pudesse ser servido mesmo aós a sua morte.

4) Fanáticos Thugs

4Eles deram origem a palavra ladrão em inglês. Esses hindus ultra-conservadores eram um grupo de assassinos que mataram centenas de pessoas aleatórias para a deusa hindu Kali. Mutias vezes faziam amizades com viajantes para depois arrancar seus olhos e matar por estrangulamento.

5) Criança de Hebo

5Hebo é um antigo deus do Rio Amarelo, na China. Eles acreditam que foi este Deus que parou o grande dilúvio na China, e o Deus exigiu que eles sacrificassem crianças para que não houvesse outro dilúvio.

6) Coração de jovem

6Os astecas são bem famosos por seus rituais de sacrifício. A maior referência a este povo, é que eles arrancavam corações de pessoas vivas para oferecer de sacrifício para o deus Sol. Eles também esfolavam mulheres e amarravam jovens em postes e atiravam flechas.

7) A Ilha sem Viúvas

7Houve um tempo em que a população das ilhas Fiji não tinha viúvas. Eles acreditavam que quando o marido morria, a esposa tinha que ser enterrada junto. Assim, seus irmãos estrangulavam a mulher, e a enterravam junto.

8) Sacrifício do Samurai

8Parte se seu caminho de guerreiro, o samurai que nunca foi desonrado, tem o dever de se entregar aos Deuses. Eles faziam sua última refeição, escreviam poemas e cortavam suas próprias cabeças.

9) Sacrifício de Crianças Albinas da Tanzânia

9Este sacrifício acontece até nos dias de Hoje. Sob instrução dos curandeiros do país, as pessoas albinas são caçadas e sacrificadas. Eles acreditam que as partes do corpo dessas pessoas possuem poderes especiais.

10) Apedrejamento dos infiéis

10Esta prática ainda é permitida no Irã. de 1990 a 2009, 76 pessoas foram apedrejadas até a morte no país.

Fonte: creepybasement.com

Confira também: Algumas dicas para você conseguir aproveitar cada espaço de sua casa