Solteirice e felicidade: estudo confirma que é melhor estar só do que mal acompanhada

Solteirice e felicidade: estudo confirma que é melhor estar só do que mal acompanhada

Estudiosos alertam: relacionamentos que não oferecem satisfação se tornam altamente prejudiciais à saúde mental é física.

Um estudo recentemente publicado pelo Journal of Family Psychology, afirmou o que muita gente desconfiava: estar sozinho é muito mais saudável do que estar mal acompanhado.

O que realmente foi comprovado?

O estudo realizado pela Universidade de Buffalo, em Nova York, analisou cuidadosamente como a qualidade de um relacionamento durante a passagem da adolescência para a vida adulta é capaz de afetar a saúde dos envolvidos. Os estudiosos descobriram que aproximadamente 1/3 dos jovens sofreram transformações significativas em suas relações ao longo de um período de aproximadamente dois anos. O estudo analisou temas como a hostilidade e satisfação do parceiro, incluindo também questionamentos sobre apoio, crítica, compromisso, carinho e bondade existente no relacionamento amoroso.

Eles também investigaram detalhes de como os parceiros costumavam se comportar fora do relacionamento. O estudo revelou que, as pessoas que viviam em relacionamentos de baixa qualidade ou, os que mantinham um relacionamento apenas como opção, quanto mais rápido elas se livraram das uniões de baixa qualidade, melhor era a sua saúde física e mental.

Os benefícios à saúde foram notados claramente em relacionamentos de alta qualidade, naqueles que existia parceira, carinho, atenção e apoio. Por outro lado, foram notados efeitos prejudiciais visíveis naqueles relacionamentos avaliados como de baixa qualidade, especialmente, naquelas relações amorosas que são consideradas ruins, porém que costumam durar  por muito tempo.

E você, acredita que um relacionamento negativo pode afetar a nossa saúde física e mental? Comente: 

Veja também: Espetáculos não param: DOIS eclipses solares ocorrerão no Brasil em 2017

 (Viu algum erro ou gostaria de adicionar uma sugestão para atualizarmos esta matéria? COLABORE COM O AUTOR)