Veja 16 retratos tristes de pessoas que viviam em manicômios

Veja 16 retratos tristes de pessoas que viviam em manicômios

Já ouvimos algumas histórias sobre manicômios que realmente são macabras. Antigamente, os tratamentos utilizados em pessoas que paravam lá, eram desumanos e cruéis, e por isso acabavam marcando a história do lugar. Torturas dos médicos contra os pacientes e lendas relatando assombrações sobre manicômios são comuns de se ouvir e muitas vezes servem de inspiração para seriados e filmes de terror.

Separamos para você, algumas fotos que expressam a tristeza que habitava os manicômios. São rostos de pessoas que ficaram lá por meses e algumas até morreram por causa da pressão psicológica e do tratamento doentio contido no lugar que seria para tratar seus problemas e quem sabe tornar possível a sua volta para a sociedade, acompanhe:

Paciente sem identificação

 

Harriet Jordan foi diagnosticada com distúrbio mental e apresentava um humor completamente anormal – 1858.

 

George Johnston tinha graves problemas mentais e também foi acusado de homicídio.

 

Esther Hannah Still sofria de alucinações e fantasiava ser outra pessoa – 1858.

 

Paciente não identificada. 

 

John Bailey e seu filho Thomas Bailey sofriam de melancolia aguda e possuíam uma personalidade difícil.

 

William Thomas Green foi diagnosticado no ano de 1857 com mania aguda.

 

Paciente com graves problemas psicológicos precisou ser contido para a fotografia. 

 

Paciente não identificada. 

 

Eliza Camplin sofria com mania aguda – 1857.

 

Paciente não identificada. 

 

Eliza Josolyne foi diagnosticada com crises graves de melancolia aguda – 1856.

 

Paciente diagnosticada com paralisia. 

 

Paciente com problemas psicológicos e acusado de homicídio.

 

paciente não identificado.

 

Paciente não identificada.

 

Paciente não identificado. 

 

Extras:

É muita crueldade, não é mesmo?

Veja também: Saiba o verdadeiro significado daqueles rabiscos que fazemos quando estamos distraídos

 (Viu algum erro ou gostaria de adicionar uma sugestão para atualizarmos esta matéria? COLABORE COM O AUTOR)